Boeing 777: análise aponta desgaste de metal em motor que explodiu no ar

Os danos na pá do ventilador do motor que explodiu em um voo do Boeing 777 da United Airlines no final de semana são consistentes com desgaste do metal, com base em uma avaliação preliminar, disse o presidente do investigador de acidentes aéreos dos EUA nesta segunda-feira (22).

O motor Pratt & Whitney PW4000 falhou no sábado com um “estrondo” quatro minutos após a decolagem de Denver, disse o presidente do National Transportation Safety Board (NTSB), Robert Sumwalt, a repórteres após uma análise inicial do gravador de dados de vôo e gravador de voz da cabine.

Ele disse que ainda não está claro se o incidente é similiar a uma falha de motor em um voo diferente da United com destino ao Havaí em fevereiro de 2018, que foi atribuída a uma quebra por desgaste na pá do ventilador.

Fonte: CNN Brasil

Comentários

mood_bad
  • Ainda não há comentários.
  • Adicionar um comentário